Vá de férias em segurança

O Verão chegou e o desconfinamento traz de novo os passeios ao ar livre, os convívios com os amigos e as férias. Cá dentro ou além-fronteiras, viajar voltou aos nossos planos. Contudo, o mundo permanece em adaptação com a evolução da pandemia. E, por isso mesmo, planear a próxima viagem pode não ser uma tarefa simples. Respondemos-lhe a algumas das suas dúvidas.

Vou viajar, que cuidados devo ter?

Viajar implica agendar voos, reservar hotel, atividades, entre outros. Agora, é preciso também planear tendo em atenção à situação pandémica. Por isso:

  • informe-se sobre a situação pandémica no país de destino;
  • consulte as restrições das fronteiras no Portal das Comunidades. Verifique as condições no país:
    • de origem;
    • de destino e
    • de passagem (no caso de realizar escala ou cruzar vários países)
  • verifique as regras para viajar na linha aérea escolhida já que estas também podem variar.
  • seja criterioso na escolha de alojamento verificando se estão implementadas normas relacionadas com o COVID-19. Verifique ainda que serviços estão disponíveis para não ter surpresas à chegada já que alguns hotéis suspenderam os restaurantes, serviços de lazer, entre outros.
  • Mais do que nunca é fundamental ter um seguro de viagem que cubra os cuidados hospitalares necessários caso tenha COVID. Atenção também à possibilidade de testar positivo antes de regressar e necessitar de prolongar a estadia – há seguros a cobrir os custos associados a esta eventualidade.
  • Para pedir informações pode contactar o Gabinete de Emergência Consular;
  • Registe de forma gratuita a sua viagem na aplicação móvel “registo viajante”:

Formulário online:  https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/registo-do-viajante
Aplicação Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=pt.armis.appregistoviajante
Aplicação iOS:  https://itunes.apple.com/pt/app/registo-viajante/id1194007356?l=en&mt=8

Em viagem:

  • siga as recomendações das autoridades de saúde do país de destino. Mesmo em Portugal, procure saber a situação atual da região para onde viaja;
  • Mantenha o distanciamento social e evite contato próximo com pessoas que apresentam sintomas respiratórios;
  • lave as mãos com frequência;
  • evite o contato com animais;
  • utilize máscara de proteção nos locais de uso obrigatório;
  • respeite a etiqueta respiratória: tape o nariz e bocas quando tossir ou espirrar, utilize um lenço, coloque o lenço de imediato no lixo;
  • utilize senso comum para evitar situações de grande aglomeração de pessoas e locais de higiene precária.
  • Caso tenha sintomas relacionadas com COVID-19, contacte imediatamente as autoridades de saúde locais e respeite as instruções dadas.

 

Vou viajar, que tipo de teste devo realizar?

As restrições das fronteiras estão em constante alteração mediante a situação epidemiológica da COVID-19. Mediante o destino, consulte as condições vigentes do país para onde viaja, e também as condições de regresso a Portugal.

Durante o planeamento consulte o Portal das Comunidades.

Se viajar dentro do espaço da União Europeia consulte o site da União Europeia.

  

Estou vacinado para a COVID-19, tenho de realizar teste à COVID-19 para viajar?

Depende do destino escolhido. Consulte o Portal das Comunidades para consultar as condições do país para onde viaja.

O certificado digital entra em vigor a 1 Julho e visa a promoção da circulação segura e livre na União Europeia, assegurando a não aplicabilidade de medidas e restrições adicionais impostas pelo país de destino aquando de uma viagem, nomeadamente procedimentos de testagem e quarentena/isolamento profilático obrigatório, exigidos à chegada ao país de destino. Para mais informações consulte o site da DGS.

 

Vivo fora do país e já estou vacinado para a COVID-19. Tenho de realizar testes à COVID-19 para viajar para Portugal?

Neste momento, ainda é obrigatório a apresentação do teste COVID-19, com resultado negativo, à chegada a Portugal. Dependendo do país de origem, os viajantes terão de cumprir isolamento durante 14 dias à chegada a Portugal.

O certificado digital entra em vigor a 1 Julho e visa a promoção da circulação segura e livre na União Europeia, assegurando a não aplicabilidade de medidas e restrições adicionais impostas pelo país de destino aquando de uma viagem, nomeadamente procedimentos de testagem e quarentena/isolamento profilático obrigatório, exigidos à chegada ao país de destino. Consulte mais informações no site da DGS

 

Estive infetado pela COVID-19. Tenho de apresentar teste à COVID-19 à chegada a Portugal?

Até ao momento é obrigatório apresentar o comprovativo de teste negativo à COVID-19, à exceção das crianças que não tenham completado 24 meses de idade.

 

Quais os testes que podem ser apresentados como comprovativo?

As companhias aéreas só devem permitir o embarque dos passageiros de voos com destino ou escala em Portugal continental mediante a apresentação, no momento da partida, de comprovativo de:

(Fonte: DGS actualizada a 28/06/2021)

 

Realizei uma viagem recentemente e estou com sintomas. O que fazer?

As manifestações mais frequentes de COVID-19 são:

  • tosse;
  • febre;
  • dificuldade respiratória ou falta de ar
  • perda ou alteração do seu paladar/gosto ou olfato/cheiro.

Se tiver alguma destas queixas, fique em casa, afastado de outras pessoas, e contacte a Linha SNS24: 808 24 24 24.